Reinicio do serviço interurbano de passageiros entre Santo Tomé e São Borja

Como consequência do trabalho e gestões realizadas pela MERCOVIA, a Delegação de Controle da COMAB e a Empresa Rio Uruguay, com o apoio de todos os Órgãos de Fiscalização, conseguiu com que os Governos da Argentina e Brasil, autorizassem o reinicio do serviço interurbano de passageiros entre Santo Tomé e São Borja.
O serviço inicia a partir do próximo 01 de março e será brindado pela Empresa Rio Uruguay.
Em breve informaremos os horários de viagens.

A vacinação contra a febre amarela não é recomendada para os turistas que viajam para as praias de Santa Catarina, incluindo Florianópolis e praias vizinhas.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil experimentou desde dezembro de 2016 “um aumento na atividade viral” que ocorreram em oito estados provinciais brasileiros: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Espírito Santo, Goiás, Pará, Toncantins e Distrito Federal (Brasília).
Contudo, não são todas as regiões ou estados do Brasil que o turista necessita fazer a vacina, já que estas não são áreas de risco.  Sendo assim, a vacinação contra a febre amarela não é recomendada para os turistas que viajam para as praias de Santa Catarina, incluindo Florianópolis e praias vizinhas. Veja abaixo:

 

A vacinação não é necessária aos que viajam para:

  • Zona costeira do Estado de Santa Catarina (incluindo Florianópolis e balneários/praias vizinhas).
  • Estado do Paraná (incluindo Curitiba).
  • Nordeste do Brasil (estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí central e norte). Estados que incluem as áreas costeiras de Recife e Maceió).
 

A lista de estados ou regiões com indicação de vacinação:

  • Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal (incluindo a capital Brasília), Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantis.
  • Estado da Bahia: municípios do sul e SW do Estado: Alcobaça; Belmonte; Canavieiras; Caravels; Ilhéus; Itacare; Mucuri; Nova Viçosa; Porto Seguro; Prado; Santa Cruz Cabralia; Um; Urusuca; Almadina; Anage; Arataca; Barra do Chosa; Barro Preto; Belo Campo; Buerarema; Caatiba; Camacan; Candido Sales; Coaraci; CondeUba; Cordeiros; Cruzado; Eunápolis; Firmino Alves; Floresta azul; Guaratinga; Ibicarai; Ibicui; Ibirapua; Itabela; Itabuna; Itagimirim; Itaju do Colonia; Itajuipe; Itamaraju; Itambe; Itanhem; Itape; Itapebi; Itapetinga; Itapitanga; Itarantim; Itororo; Jucurusu; Jussari; Lajedao; Macarani; Maiquinique; Mascote; Medeiros Neto; Nova Canaa; Pau Brasil; Praia do Forte; Piripa; Planalto; Posoes; Potiragua; Ribeirão do Largo; Santa Cruz da Vitória; Santa Luzia; São José da Vitória; Salvador, Teixeira de Freitas; Tremedal; Calçada
  • Estado do Espírito Santo: todo o território.
  • Estado do Rio de Janeiro: com risco de transmissão de febre amarela nos seguintes municípios do norte, na fronteira com os estados de Minas Gerais e Espírito Santo: Bom Jesus do Itabapoana; Cambuci; Cardoso Moreira; Italva; Itaperuna; Laje do Muriae; Miracema; Natividade; Porciuncula; Santo Antônio de Pádua; São Fidelis; São José de Uba; Varre-Sai; Campos dos Goytacazes; São Francisco de Itabapoa; São João da Barra A cidade do Rio de Janeiro está incluída.
  • Estado de São Paulo: todo o território
  • Cataratas do Iguaçu.

Sobre a vacina:

No entanto, de acordo com o especialista, nem todos os viajantes podem ser vacinados . “A imunização está contra-indicada para crianças menores de 9 meses, mulheres grávidas, mães que amamentam, pessoas com imunodeficiência grave e pessoas com alergia grave aos óvulos”, disse Testón, e esclareceu: “Pacientes com mais de 60 anos devem ter uma consulta médica para avaliar o risco de complicações da vacina “.
A vacina é aplicada em diferentes centros de saúde. Deve ser injetado pelo menos 10 dias antes da viagem , embora idealmente seja feita uma visita médica pelo menos quatro semanas antes da partida, para receber recomendações com base na história pessoal e nas características da rota.

 

FONTE: Infobae.
Veja a notícia completa em Infobae.

FOTO: http://www.bombinhas.com/praias/

 

Turistas movimentam a fronteira de Santo Tomé – São Borja

No mês de janeiro a movimentação de turistas no Centro Unificado de Fronteira (CUF), Santo Tomé, Corrientes / Argentina – São Borja, Rio Grande do Sul / Brasil, está surpreendendo positivamente a equipe da Mercovia, que se preparou para recepcionar e atender com mais agilidade e comodidade as famílias que estão indo para o litoral brasileiro.
No CUF há uma instalação completa para receber os turistas, com banheiros, restaurantes, enfermaria, salas climatizadas, equipe de turismo especializada fornecendo informações, mapas, auxílio no preenchimento das fichas para migração e, ainda, a facilidade de fazer os trâmites migratórios em um só lugar.
Conheça o “Guía de Verano” – Folder e aplicativo para celular com informações a fim de orientar os turistas que chegam no nosso Centro Unificado de Fronteira. Sabia mais AQUI.

 

Turistas argentinos começam a passar pela nossa fronteira

Nesta primeira semana do mês de janeiro de 2018, a fronteira do CUF (Centro Unificado de Fronteira), Santo Tomé – São Borja, recebe grande fluxo de turistas argentinos, que estão indo em direção às praias do litoral gaúcho e catarinense no Brasil.
A Mercovia está prepara com equipe de turismo para dar orientações e suporte para quem faz a travessia pela nossa fronteira. Todos os esclarecimentos de documentação, hotéis e rotas são repassadas aos turistas através de mapas, do “Guía de Verano” (folder impresso da Mercovia) e o novo diferencial neste ano, o APP (aplicativo para dispositivos móveis/smartphones) que contém o “Guía de Verano” em versão online com informações dos trâmites para ingresso ao Brasil, dicas de viagem, direcionamento ao site do Detran para verificação de multas e leis de trânsito brasileiras, mapa online com as rotas mais acessíveis até o litoral do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, dicas de Hotéis, casas de câmbio e muito mais.
Veja o “Guía de Verano” -> https://www.mercovia-sa.com/?page_id=204
Saiba mais sobre as instalações do CUF – Mercovia ->  https://www.mercovia-sa.com/?page_id=175

APP Mercovia “Guía de Verano”

Agora você pode baixar o APP Mercovia “Guía de Verano”, e pesquisar no seu celular os Hotéis, Multas, Praias e o Mapa com as estradas que levam até o litoral do Brasil, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Com o APP Mercovia Guia de Verão, você chegará mais rápido e com mais segurança  no seu destino. Boas férias, divirta-se!
Baixe o APP -> https://goo.gl/xDtQkX
Veja o “Guía de Verano” -> https://www.mercovia-sa.com/?page_id=204
Esperamos você no Centro Unificado de Fronteira, Santo Tomé – São Borja. Aqui você também receberá o Guia de Verão na versão impressa, e todas as orientações e ajuda para sua viajem com nossos especialistas do Turismo.

Mercovia recebe homenagem na Câmara de Vereadores de São Borja

A Câmara dos Vereadores de São Borja, juntamente com as autoridades dessa cidade e Santo Tomé, realizou uma Sessão Solene na noite do dia 11 de dezembro, na qual prestou uma bela homenagem à MERCOVIA S.A. e ao nosso Gerente Geral, José Luis Vazzoler, com duas distinções comemorativas do 20º aniversário de inauguração da ligação rodoviária internacional, que aconteceu no dia 9 de dezembro.

Veja mais FOTOS AQUI.

19 Anos da inauguração da Ligação Rodoviária Internacional entre São Borja/BR e Santo Tomé/AR.

Há 19 anos o sonho da integração das cidades gêmeas de São Borja e Santo Tomé tornava-se realidade. No dia 09 de dezembro de 1997 foi inaugurada a Ligação Rodoviária Internacional entre estas cidades e também a ponte Internacional sobre o Rio Uruguai a qual foi denominada Ponte da Integração. Neste dia estiveram reunidas as máximas autoridades do Brasil e Argentina, lideradas pelo presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso e da Argentina Carlos S. Menem, empresários e trabalhadores onde deram início a travessia que se tornaria um dos maiores portos secos do Mercosul.
A construção da ponte começou a ser planejada através de um acordo subscrito entre a República Argentina e a República Federativa do Brasil, de 22 de agosto de 1989. Ambos os Países decidiram a construção de uma Ponte Internacional sobre o Rio Uruguai, unindo as cidades de Santo Tomé (Província de Corrientes) e São Borja (Estado do Rio Grande do Sul).
A MERCOVIA S.A., cumprimenta neste dia a todos aqueles que incansavelmente trabalharam para que este projeto se tornasse uma realidade.
“Nosso especial agradecimento a Autoridades Nacionais, Estaduais e Municipais de ambos os Países, Órgãos Públicos, Operadores de Comércio Exterior, Fornecedores, Usuários, as comunidades de São Borja e Santo Tomé, como também a Funcionários deste Concessionário.”